[ editar artigo]

Jogue fora o seu diploma!

Jogue fora o seu diploma!

Uma das minhas lembranças afetivas mais felizes que guardo com muito carinho é a minha formatura, não exatamente pelo diploma, mas pela jornada percorrida. Vestir a beca, levantar o tal do canudo e comemorar essa conquista juntamente com amigos e familiares foi realmente incrível.

Por muito tempo acreditei que para ser boa em alguma coisa, precisava fazer faculdade. Sempre escutei que o tal do diploma era necessário para “ser alguém na vida” e ter um “bom emprego”. Então,  segui o fluxo da galera, consegui todos os diplomas que achei necessário, no qual hoje, são tão irrelevantes que estão guardados em alguma caixa qualquer das coisas insignificantes embolorando.

Na real, correr atrás de diplomas e certificados nunca fez muito sentido pra mim. Reconheço os poucos aprendizados que tive na faculdade, porém ela não me preparou para as habilidades realmente necessárias para o mercado de trabalho.

No colégio querem que sejamos bons em matemática, português, ciência, geografia, física, química… Mas no que realmente somos bons, geralmente não é valorizado na escola e muito menos no mundo acadêmico.

Nós nascemos com habilidades incríveis, cada ser humano possui naturalmente dons muito peculiares que ao longo da vida, infelizmente são esquecidos, pelo simples fato de sermos “obrigados” a nos enquadrarmos ao sistema do inconsciente coletivo da sociedade e da educação. Devido a isso, passamos a maior parte da nossa existência negando quem nós somos para sermos o que os outros esperam que a gente seja e assim, ficamos cada vez mais distantes do que verdadeiramente queremos fazer da vida.

Por exemplo, sempre fui uma criança falante, comunicativa, conversava com todo mundo, mas por muitos anos, achei que isso não era nada de mais e que incomodava as pessoas. Através dos meus estudos sobre propósito de vida, descobri que a habilidade de me comunicar é um dom natural que nasceu comigo.

Neguei essa aptidão para me enquadrar no que os outros esperavam que eu fosse, passando boa parte da minha vida profissional sem rumo e infeliz. Acredito que assim como eu, muitas pessoas já passaram por esta mesma situação ou se encontram atualmente insatisfeitos com a sua carreira profissional.

Apesar das mudanças da sociedade, o modelo de educação continua muito parecido com o que foi criado a partir século XVIII para atender as demandas da Revolução Industrial, onde o indivíduo nunca foi o centro das atenções, mas sim, a mecanização de processos todos iguais, no qual torna os seres humanos com pensamento bitolados dentro da caixa.

Adquirir conhecimento, se atualizar faz parte do processo evolutivo dentro de uma sociedade, e sempre será importante. Mas tá na hora de parar de dar tanta importância para certificados e olhar para dentro, se autoconhecer e desenvolver inteligência emocional. Conheço muitas pessoas que estão cheias de diplomas de doutorados e mestrados pregados em suas paredes para massagear o EGO, mas ZERO de inteligência emocional para lidar com as pessoas, conflitos internos e com a vida de um modo geral.

Infelizmente vivemos em um mundo onde ter um canudo ainda é visto como status. Porém, posso dizer com muito orgulho que nenhum dos meus diplomas me trouxe onde queria chegar profissionalmente, foram os meus dons bem lapidados, no qual encontrei através do autoconhecimento. Tudo começa quando olhamos para dentro, nos enxergamos como indivíduos únicos com toda as nossa singularidade e começamos a prestar mais atenção nas nossas habilidades naturais, escutamos o que realmente o nosso coração deseja e aceitamos quem somos.  

Estamos caminhando para tal mudança, como uma boa otimista e trabalhando com educação, acredito que em um futuro não tão distante, não teremos mais adultos perdidos e infelizes em suas profissões ou crianças guardando os seus sonhos em gavetas, achando que é utópico realizar.

Acredite, os dons e talentos escondidos dentro de você podem te levar além!

Texto originalmente publicado em isaquartarolli.com.br
 

 

 

 

Empreende Guria!
Isabella Quartarolli
Isabella Quartarolli Seguir

Empreendedora, comunicadora das palavras, impulsionadora de propósito de vida para incentivar as pessoas a fazerem o que amam.

Ler matéria completa
Indicados para você