[ editar artigo]

Sua grana, suas regras, mulher! A independência financeira como enfrentamento à Violência Doméstica

Sua grana, suas regras, mulher! 
A independência financeira como enfrentamento à Violência Doméstica

O Brasil tem um índice muito grande de violência contra a mulher e os índices são ainda maiores quando analisados quem são os agressores. Segundo o mapa de Violência contra a mulher de 2018, 58% das mulheres que sofreram agressão doméstica,  foram vítimas de seus companheiros, namorados ou maridos. 

Em uma reportagem do G1, foi feito um levantamento com mulheres que sofrem violência doméstica. O levantamento apontou que a cada quatro mulheres que sofrem algum tipo de violência, uma não denuncia o agressor porque depende financeiramente dele. A dependência financeira aponta barreiras grandes para que uma mulher consiga sair de um relacionamento que não está saudável, especialmente quando há filhos.

O estado do Paraná ocupa o 5º lugar no ranking nacional de violência doméstica, apontando 699 casos no ano de 2018, segundo o mapa de violência contra a mulher, sendo 83,7% das vítimas com idade entre 18 e 59 anos. 

O empreendedorismo feminino é muito mais que incentivar mulheres a montar suas empresas, é incentivar mulheres a tomaram as rédeas de suas vidas, é encurtar o caminho para a liberdade quando essa, é vítima de um relacionamento abusivo. 

Ainda em 2019, a mulher sofre os impactos de uma sociedade machista e patriarcal, e ainda existem mulheres que que tem medo de tomar iniciativa e transformar seu talento em dinheiro.

Ter independência financeira, é não ter que se sujeitar a desaforos e agressões em troca do mínimo para sobreviver, é ter a sua própria AUTONOMIA. 

Então, a partir de hoje, revise seus talentos e comece a traçar um plano para fazê-lo render. Sabe aquele bolo delicioso que seus filhos amam? pode virar dinheiro. E aquela sobrancelha que você faz sozinha? Dinheiro. Aquela habilidade que você vem guardando? Dinheiro. 

Use sua criatividade, acredite no seu potencial e se liberte! 

 

 

 

Empreende Guria!
Ana Monteiro
Ana Monteiro Seguir

Psicóloga, Pós graduanda em Neuropsicologia, Ativista e apaixonada por música!

Ler conteúdo completo
Indicados para você